Sobre Carlos Nina

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

 No século passado, Bezerra da Silva, cantando “Vírus da corrupção”, dizia: “Quando ele está em campanha diz que vai resolver toda situação. Depois de tá eleito adianta o seu lado e dá uma banana para o meu povão (...). Tira o pão da boca das crianças. Do aposentado e do trabalhador! (...) ele se elegeu. Nada fez (...). E num boeing de luxo desapareceu. Foi comemorar a vitória em sua mansão no distrito federal. Eu só fui saber que ele estava vivo porque saiu como corrupto no jornal.”

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
Assisti recentemente parte de uma entrevista do Promotor de Justiça José Augusto Cutrim, do MPMA. Do que ouvi percebi que tinha ocorrido um abuso contra uma senhora. Seu veículo teria sido rebocado. Não estaria portando o cartão que lhe asseguraria a prioridade para uso da vaga onde havia estacionado.

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
Algumas provas são apenas amontoados de pegadinhas, desvirtuadas de sua verdadeira finalidade: aferir o conhecimento do aluno ou do candidato sobre o tema de que tratam.
Em alguns casos, as questões deveriam ser nulas porque as pegadinhas se baseiam no rigor de normas que elas mesmas violam, por ignorância (falta de conhecimento) ou desatenção de quem as elaborou.